Eu votei!

Considero que pertencer a grupos religiosos, políticos, estéticos, filosóficos, etc pode ser perigoso. Molda-nos o pensamento, limita a nossa liberdade de escolha enquanto ser individual que somos.

Quando somos adolescentes torna-se o mais importante. Pertencer a um grupo identifica-nos, faz-nos sobressair enquanto força integrante, faz-nos sentir amados até. Mas pode levar-nos para o lado errado, se pelo meio nos esquecermos de pensar por nós mesmos. Pode arrastar-nos para uma corrente perigosa onde acabamos por nos afastar demasiado da costa que é a nossa essência… E depois, o mais certo, é ficarmos à deriva, perdidos, em completa desconexão com o ser que outrora fomos…

Gosto de confiar no meu instinto. Aprendi a perceber que dento de mim encontro, mais cedo ou mais tarde, as respostas que procuro. Assim sendo, gosto de pensar em mim como ser livre. E foi com esse sentimento que acordei hoje de manhã e fui para a rua. Apanhei um frio desgraçado, garanto-vos que preferia ter ficado no quentinho e não ter congelado a cabeça… mas fui votar.

Pela primeira vez na vida, um homem que passou a sua vida a cuidar dos outros candidata-se a ser nosso presidente. Uma pessoa HUMANA, que merece toda a minha confiança sem ter que pensar muito nisso… basta conhecer um pouco do seu percurso, enquanto presidente da AMI.

Este foi, provavelmente, o único post em que falarei de política. Embora, para mim, este seja mais um sentimento de humanidade do que outra coisa.

Advertisements

Muito grata pelo comentário!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s