da manta e da almofada

Depois de lavada e seca ao sol, encontrei o sítio perfeito para a minha manta nova. Nem todas as almofadas combinam com ela (tenho de fazer uma capa para as almofadas de riscas…) mas acho que fica lá bem, não concordam?

E já viram os elefantes? Mais uns quantos cá para casa, que nunca são demais! Já vos disse que adoro elefantes? Simbolizam força, prosperidade e sabedoria. E são a coisa mais querida, grandes e trapalhões, muito unidos, são para mim uma boa demonstração de família.

Achei que este seria o local ideal para fotografar a minha última criação: uma almofada para um menino muito especial, divertido, doce e inteligente.

O tecido da frente é com mé-més (ainda tenho idade para dizer esta palavra?…) e o de trás é diferente, com meninos japoneses a brincar. Estou ansiosa para ver a sua reacção, espero que goste!

livros da feira

Já é um hábito visitar a Feira do Livro duas vezes por ano (quem consegue ver aquilo tudo de uma só vez?).
Se da primeira vez trouxe apenas um livro por 3 euros, da segunda as compras também foram económicas: o livro das plantas custou-me apenas 2,40 euros! O outro livro defende a arte do “keep it simple” e não podia não o trazer – afinal de contas é o lema que tento aprofundar e aplicar mais na minha vida.
Este porta-revistas é a coisa mais doce, não é? Também me foi económico porque foi uma oferta da minha mãe. Fica bem ao lado da minha mesinha de centro, não fica?
Se quiserem encontrar relíquias, apressem-se e visitem a feira, aberta só até este próximo domingo.
Eu vou ali e já venho: tenho muitas leituras para pôr em dia!

bird

E não é que já anda um belíssimo pássaro a rondar-me a varanda?
Logo na manhã seguinte a ter posto a casinha/albergaria para os seres voadores (ok, dava jeito que não me aparecesse lá nenhuma ave de rapina!), o S. disse-me que viu um passarito a investigar aqui os aposentos. Fiquei com pena de não ter acordado mais cedo… Mas hoje, ao final da tarde esta linda criatura visitou-me o tecto da varanda. Fiquei tão contente! Depois ainda apareceram mais dois mas depressa foram embora. Cheira-me que depressa vamos ter aqui um ninho.
Ainda não comeram nada mas acredito que é um processo que leva tempo. Isto de confiar na bondade de um ser humano não deve ser fácil…

Varanda

albergaria dos piu-pius, originally uploaded by alexa violeta.

Como nunca achei que os pássaros têm asas para estar presos nas gaiolas, nunca me passaria pela cabeça ter uma dessas em casa. Mas achei que seria simpático convida-los a visitar a minha varanda sempre que queiram. Agora têm uma albergaria, na minha opinião bem gira, que podem utilizar como local para recuperar energias entre um e outro voo. Deixei-lhes uns bocadinhos de pão para não dizerem que sou uma má hóspede e ainda vou pôr um bocadinho de alface, que eles gostam.

Até agora, ainda não dei pela visita de nenhum mas fico esperançada que, com as cores da flor de papel, dêem mais facilmente com o caminho. Aqui somos amigos dos animais, sintam-se à vontade para vir sempre, piu-pius!