Relax Friday

(imagens de weheartit)

Passar o fim-de-semana a inspirar-me na criatividade dos outros é muito comum. Perceber que tantas pessoas já fizeram tanta arte com as suas mãos deixa-me estarrecida e, ás vezes, a sentir-me uma formiguinha inexperiente no meio de gigantes talentosos! Mas ser aprendiz tem o seu mérito e mantenho a minha humildade perante estas obras de arte que vou coleccionando na minha mente. Vou precisar de muitas horas e pratica para conseguir fazer algo parecido a isto mas… não custa tentar!

chita

Esta é a minha primeira experiência com chita portuguesa. Mal olhei para o tecido percebi que sairia dali uma mala (mais saco talvez).  É a primeira que faço deste género e também a minha primeira com alças de bambu. Para lhe dar mais consistência (e aguentar com a tralha toda que costumo transportar comigo), forrei-a com baeta de algodão e um tecido liso.

Com a chuva que tem estado, acho que a vou guardar para a Primavera. Será que aguento?

learning

Os meus próximos serões vão ser dedicados a estudar. Sim, porque não basta pegar nas agulhas e procurar um vídeo na internet que nos ajude a dar o primeiro passo. É preciso conhecer as lãs, a linguagem técnica específica e ter também alguma noção de moldes.

Entretanto, estou a acabar com umas costuras, amanhã conto já ter imagem para mostrar como ficou o resultado final. Reparei que as fotos que tenho mostrado têm muito cor-de-rosa mas não sei porque, nem sequer é a minha cor preferida. Ando a sentir falta dos meus roxos, talvez me dedique a eles no próximo projecto.

reciclar

A mesa era branca e bonita mas faltava-me dar-lhe um toque pessoal. A intenção também era protege-la das futuras aventuras que se vão passar lá em cima, assim passámos boa parte da tarde de sábado a forra-la com um oilcloth da Loja de estar.

Mas não pode haver processo de reciclagem sem um pouco de brincadeira e fotos de panos que voam no meio de gargalhadas. O resultado final foi do meu agrado, espero que continue a inspirar-me como até agora.