keep walking

Que eu possa caminhar em 2011 com:

– leveza de espírito;

– amor no coração e à minha volta;

– família sempre por perto;

– saúde e harmonia;

– criatividade nas mãos,

– capacidade de aprendizagem e realização;

– sonhos de vida atingidos;

– serenidade e crescimento pessoal.

 

E o mesmo desejo a todas as pessoas que se têm cruzado no meu caminho.

Feliz 2011!!

 

Advertisements

ritual

Todos os anos é a mesma coisa. Um ritual que me acompanha desde pequena.

Porque tenho a mania de escrever tudo e mais alguma coisa. Porque preciso de escrever para não me esquecer. Ainda mais importante, porque preciso de me lembrar.

A agenda de 2011 já foi comprada há umas semanas e está à espera que lhe dê vida, ansiosa (ok, acho que tenho que perder esta mania de tentar humanizar os objectos!).

Na verdade, quem está ansiosa para lhe dar vida sou eu, contando-lhe segredos e esperando que me ajude a dar alguma organização a esta cabeça despaçarada!

Este é um ritual que estimo, ao qual vou dedicar mais atenção este ano. No meu moleskine são vão entrar coisas boas, acreditem!

 

 

homemade xmas

Este natal teve muito fabrico caseiro. Adorei literalmente pôr as mãos na massa e partilhar comida com a família.

Acima, bolachas de alfazema, receita da Mafalda. Abaixo, uma modificação que fiz com canela.

Compota de maçã e canela – infelizmente ficou demasiado doce para o meu gosto. Não sei o que fizeram ao açúcar amarelo que não encontrei em lado nenhum…

Azevias de batata doce – gosto tanto….

E ainda um almoço de natal vegetariano, com massa e legumes.

Há qualquer coisa de mágico quando nos reunimos na cozinha com a família para cozinhar. Quando vários pares de mãos se juntam e a criatividade brota por entre sorrisos e trocas de ideias.

Aquece o coração.

 

Adenda:

Esqueci-me de mencionar que as três últimas fotos são de autoria do rei

Sim, ainda estou por aqui. Tenho andado adoentada (já é tradição natalícia – constipo-me sempre nesta época) e com afazeres vários. Entre pinturas de parede e assoos de nariz constantes, não me resta tempo para muito e uma mulher não dá para tudo (ou dá?).

Deixo aqui uma música que tenho ouvido na rádio ultimamente. Sempre gosto de vozes femininas. Tenham um bom fim-de-semana.

Christmas handmade 2010

(clicar para ver maior)

Este ano andei de volta das agulhas e linhas e descobri uma paixão imensa e honesta pelos trabalhos que as mãos são capazes de fazer.

Sempre amei artesanato mas, até então, limitava-me a deliciar-me com os trabalhos que outras mãos talentosas faziam e sonhava um dia fazer algo semelhante. Quando comecei a coleccionar tecidos e outros materiais, aos poucos, fui-me atrevendo a fazer combinações, a experimentar a máquina de costura da minha mãe e ousei pensar que até fazia algumas coisas engraçadas.

Acima estão alguns dos trabalhos que saíram das minhas mãos. Despretensiosos, talvez demasiado simples para mãos mais experientes…mas, garanto-vos, cheios de amor.

Estão disponíveis no Danças com trapos e penso que darão uns agradáveis presentes de Natal.